Delegados e conselheiros municipais participam de curso de compras governamentais

 

Delegados do Orçamento Participativo, conselheiros municipais e estudantes participam hoje (26) de curso de compras governamentais, ministrado em parceria com o Sebrae e Secretaria de Desenvolvimento Econômico. A capacitação acontece na Casa da Participação, durante toda manhã.

 

Eleitos novos conselheiros do Orçamento Participativo

 

O Orçamento Participativo de Caruaru elegeu, ao longo deste mês, os novos conselheiros e conselheiras do Ciclo 2015/2016. Os eleitos foram conhecidos em plenárias específicas realizadas na cidade e zona rural.     

 

Palestras gratuitas para quem quer começar um novo negócio ou potencializar o que já tem

 

 

As pessoas que possuem um micro ou pequeno negócio formal ou informal, que querem começar um novo negócio, mas não sabem como ou querem aprender algo para ganhar um dinheiro e complementar à renda, poderão participar de palestras e oficinas gratuitas. O evento será no próximo dia 11 de maio, no estacionamento do Bairro Shopping Leste, o shopping do Salgado, a partir das 10h, até às 16h.

 

Casa da Participação sedia II Fórum de Delegados/as do Orçamento Participativo

 

O II Fórum de Delegados/as do Orçamento Participativo foi realizado nesta quarta-feira (27), na Casa da Participação, sede da Secretaria de Participação Social. Participaram do encontro o gerente de Decisões Orçamentárias, Lino Portela, o gerente de Diálogos Sociais, Rafael Moreira e o vice-prefeito Jorge Gomes.

Caio Alves: Sou favorável às cotas, mas elas não devem ser desculpa para não melhorar o ensino público

 

 

O terceiranista Caio Alves, 16, acredita no poder de transformação da política. Presidente do grêmio da sua escola, engajado no movimento estudantil, é um dos representantes de PE no Parlamento Jovem. Estudante da rede particular de ensino, falou o que pensa sobre as cotas nas universidades públicas e comentou ainda sobre a falta de representatividade de jovens na política. Confira o Painel da Cidadania dessa semana:  

Lucy Tertulina: Na procura do ‘perfeito’, o ‘diferente’ não é aceitável

 

Natural de Frei Miguelinho, mas radicada em Caruaru, Lucy Tertulina, 44, passou por uma infância difícil: com sete anos de idade foi diagnosticada com uma doença que a deixaria cega. Buscou, desesperadamente, por uma cura que nunca apareceu. Teve um período de autoaceitação longo e difícil. Depois de uma perda grave, encontrou, na Associação Caruaruense de Cegos, o apoio necessário para seguir em frente. Buscou forças para criar as duas filhas. Redescobriu-se. Tornou-se pedagoga, presidente de Acace e há 11 anos luta em defesa da inclusão social das pessoas cegas. Confira o Painel da Cidadania dessa semana: